Aloha – Dicas do mais lindo nascer do sol no Havaí – Vulcão Haleakala em Maui

Meu Nome é Camila, mas podem me chamar de Camilinha, estou começando a escrever para vocês hoje, espero que gostem.

Para quem me conhece já sabe que sou a rainha da “To do List”, ou seja tenho um monte de coisas que gostaria de fazer ou já fiz. E serei esta Rainha pra vocês, mostrarei lugares, destinos, e o que fazer em diversos lugares e espero que incluam em suas listas de desejos de viagens.

Apresento a vocês, o Nascer do Sol na cratera (vulcão) do Haleakala, em Maui. O vulcão, virou um parque chamado “Haleakala National Park”, que na minha visitação – para a minha sorte continuou dormente. Ufa!!!

Já viajei muito, conheci muitos lugares e dentre eles, sem sombra de dúvida o nascer do sol visto de cima do Vulcão foi o mais sensacional, mas ter o prazer desta vista não é moleza não!!! Acordei as 3 horas da manhã, peguei todas as minhas blusas de frio e pé na estrada, afinal são aproximadamente 2 horas de subida, me ofereceram um cobertor no Hotel e eu educadamente agradeci e parti para a aventura.

h2

Depois de algumas (muitas) curvas e paisagem lindas, cheguei no estacionamento, que estava completamente lotado para a minha surpresa.

Como no Cume estamos a mais de 10,000 pés de altura, me preparei toda no carro, coloquei minhas blusas, minha luva, peguei a máquina e fui em direção ao observatório.  Só de chegar no observatório, morri de frio, percebi naquele momento que deveria ter aceitado o cobertor do Hotel e que minhas blusas não seriam o suficiente, mas já era tarde demais. Sorte que não era a única despreparada, vi muitos turista de bermuda e chinelo.

h3

Mesmo com um frio desesperador e um vento cortante, estava lá, toda saltitante esperando o tão esperado sol. Desde a minha chegada até o sol nascer foram um 40 mim de espera. A chegada de turistas não diminuía, então fui logo me aconchegar numa mureta, para conseguir ficar num lugar estratégico.

Lá no Horizonte, mesmo com muita nevoa, o sol começou a fazer seu show, aquela multidão que não parava de falar ficou em silencio por alguns segundos e em seguidas todos começaram a bater palmas, foi totalmente incrível (me arrepio só de lembrar). Sabe aquele frio que eu tanto falei?? Nem era mais lembrado com tanta emoção que eu sentia!

Quando o sol nasceu, aproveitei para dar uma pequena volta no parque, a nevoa já estava se dispersando e já era possível ver a imensidão da cratera, que me lembrava uma paisagem lunar que vemos em filmes, aparentemente sem vida e com muitos tons de vermelho e marrom. Completamente deslumbrante!! AHH, na sua caminhada aproveite para tentar achar uma planta que só existe na cratera a silverword haleakala.  Infelizmente na minha caminhada não tive essa sorte!

Caso você for aventureiro e tiver mais tempo na Ilha, recomendo que você contrate um tour e vá de van até o cume e façam a volta de bike. Tenho certeza que vocês não vão se arrepender porque a paisagem deslumbrante e volta de bicicleta deve ser bem divertida.

Já ia me esquecendo, em havaiano Haleakalā, significa casa do sol. Agora vocês conseguem entender o porquê deste nome!

Até a próxima! Mahalo.

 Por Camilinha