aGREGANDO novamente!

Voltando por aqui depois de algum tempo de ausência. Ausência esta que é explicada pelo fato de eu ter mudado de país, uma vez mais!

Após belos anos de Polônia, surgiu o convite de uma empresa Grega para, novamente, regressar a Grécia para ocupar uma posição bem bacana! Como gosto pouco de viajar e morar em lugares diferentes, resolvi aceitar a proposta e vir para Atenas, deixando o longo inverno Polonês para trás!

leitao 1     Zakynthos. Uma das ilhas mais bonitas da Grécia.

Como já havia morado por aqui por três meses, não tive um grande choque em minha chegada, mas todo dia é dia de aprender coisas novas e passar por novos desafios, então vou descrever um pouco deles por aqui!

Traçando um paralelo entre Grécia, Polônia e Brasil, a Grécia está muito mais para Brasil do que para a Polônia. Tanto no clima, quanto as pessoas, limpeza das ruas, preços, etc. Aqui, como no Brasil, o transporte público (exceto o metrô) não funciona muito bem e não tem hora marcada para passar. Ou seja, você as vezes espera 5 minutos e as vezes 40 por um ônibus (que também não estão em bom estado). Por outro lado as pessoas são bastante abertas e calorosas. E, para variar, adoram Brasileiros e sempre têm um assunto em comum com a gente: futebol.

leitao 2 Rivaldo. Jogador brasileiro tratado como herói e maior ídolo do Olympiacos.

As ruas são bastante parecidas com as do Brasil, porém com o detalhe de que, como pouco chove em Atenas (e também as pessoas pouco lavam), as calçadas e ruas parecem encardidas dando um aspecto de sujeira bastante ruim para uma cidade histórica e turística como Atenas.

AthensRuas no centro de Atenas. Nem tudo é maravilhoso por aqui!

A burocracia (do Grego πυρρός – hahaha) é a mesma aqui e no Brasil. Talvez as vezes até pior. Como um exemplo, eu simplesmente não posso abrir uma conta de banco sem ter um contrato de trabalho, sem apresentar o meu contrato de aluguel carimbado e assinado, e muitos outros fatores. Enfim, precisam saber da sua vida inteira, com que você trabalha e quanto você ganha para poder pensar em abrir uma conta. No Brasil os bancos saem no tapa para te conseguirem como cliente!

Para comprar um chip de celular, preciso, por lei, apresentar todos os documentos possíveis. Na Polônia é só entrar na loja, escolher seu número e pagar. Coisa de 5 minutos que leva mais de meia hora por aqui.

Quanto ao idioma: “Todos os Gregos falam inglês”. Sóquenão!

Pergunte a um Grego se no país dele todos falam inglês, ele dirá, obviamente, que sim! É um país turístico e a Grécia é o berço da civilização, que a partir do idioma grego originou-se muitos idiomas, portanto é mais fácil para eles aprenderem qualquer língua e bla bla bla. Acontece que, vivendo por aqui, nota-se claramente que quem fala/entende inglês é uma minoria. Em lojas, restaurantes, bancos, supermercados que não sejam no centro turístico, o número de pessoas que falam inglês cai para, praticamente, zero. Apenas no centro as coisas estão escritas em inglês. No resto, é tudo Grego! Ou seja, tem que aprender o idioma para viver bem por aqui!

leitao 4Menu em Grego. Assim fica difícil pedir alguma coisa!

Outro dia fiquei exatos 7 minutos para fazer um pedido de dois souvlakis (churrasquinho grego) via telefone e, por fim, não consegui finaliza-lo por que eu dizia o número do apartamento em inglês e ele dizia mais umas três frases em Grego. Eu repetia o endereço todo, ele confirmava e falava mais texto em grego. Por fim ele se enfezou e desligou na minha cara! Portanto nem comentarei das vezes que fui ao barbeiro, ao correio ou à prefeitura sozinho.

Outro ponto engraçado deste país é o horário de funcionamento das lojas e serviços. Durante a semana eles tem horários diferenciados, por exemplo, as lojas fecham as segundas-feiras e quartas as 15h e não reabrem mais. Nos outros dias elas fecham as 15h e só reabrem as 17h e ficam até as 19h. É a famosa sesta Grega. Domingo é tudo fechado, até supermercados. Ou seja. Precisa comprar algo para comer no domingo, um grande abraço para você! Através deste ponto consigo entender um pouco a crise Grega. Posso estar errado, mas se um ser tem uma loja e ele não abre essa loja quase nunca, ele não terá clientes, tampouco dinheiro! Logo a crise generalizada no País.

leitao 5Protestos em 2012 no centro de Atenas.

Deixando a crise de lado, passo e destacar o lado bom deste país maravilhoso que é a Grécia.

Tive a chance de viajar pelas ilhas de Santorini, Mykonos, Creta e conhecer algumas cidades da Grécia continental, além de morar na histórica cidade de Atenas, num apartamento com vista para Acrópolis. Não posso reclamar. Aqui é sempre quente, talvez por isso as pessoas também sejam mais alegres e sorridentes do que na Polônia.

leitao 8Vista da janela do meu apartamento todas as manhãs!

leitao 6 Santorini. Minha ilha favorita.

As paisagens das ilhas acho que não preciso descrever por aqui. A minha ilha favorita é Santorini e farei em breve um post somente sobre ela, pois merece. Fora isso há praias na Grécia para todos os gostos. Em Atenas, poucos estrangeiros sabem, mas há praias há 30 minutos do centro e de fácil acesso.

leitao 7Praia de Kalamaki, em Atenas. Cerca de 30 min de tram do centro!

A gastronomia, acredito ser muito melhor que a da Polônia, além de mais saudável e mais parecida com a nossa. Aqui há um mercado municipal, como os brasileiros, onde eu posso comprar carnes a preços bastante razoáveis para níveis de Europa. Além disso existem os famosos souvlakis, que também merecem um post só para eles!!

leitao 9Souvlaki. O kebab grego!

Por fim, cheguei da Polônia há um mês e já me readaptei por aqui! Quanto à crise que todos perguntam, sim, ela existe, as pessoas não tem emprego, porém não é um bixo de sete cabeças. Restaurantes e bares estão sempre lotados (de Gregos), não importando a faixa de preço, assim como shoppings. Por outro lado, nota-se nos supermercados, por exemplo, que dentre 10 caixas, apenas 3 estão em funcionamento e com longas filas. Ou seja, para não aumentar o preço dos produtos, as redes estão cortando funcionários. Parece, para eles, uma atitude plausível e funcional.

Voltarei em breve com mais notícias da terra de Platão e Aristóteles!

leitao 10vista da cidade de Atenas desde o monte Lycabettus, o ponto mais alta da cidade.

  • bruno

    Destino dos sonhos esse.. Mas acho que vou aprender grego antes pra não morrer de fome rsrsr