Dublin, muito mais que cerveja verde

Dublin, muito mais que cerveja verde…

Passado o dia de São Patrício, resolvi que chegou a hora de contar um pouco sobre a Irlanda. Estive lá por uma semana há exatamente um ano e fiquei fascinado com o cenário cinematográfico desse país insular.

Estava com a Sophia Zaia, uma amiga que conheci quando morei no Canadá e resolvemos nos aventurar por Dublin, Galway, Cliffs of Moher e claro, pela Irlanda do Norte – Belfast and Giant Causeways.

Esqueça os cenários de ovelhas passeando nos morros e gramados se estiver indo para Dublin. A cidade é bem diferente de todas as outras da Irlanda. Dublin tem um ar moderno, mas sem perder a tradição. Chegando lá, você pode pegar o “Blue Bus” do aeroporto ate o centro. Como chegamos la dia 17 de Março, a cidade estava em festa e milhares de estrangeiros celebravam o St. Patrick’s Day.

Fiquei no Dublin International Hostel e recomendo altamente o local. Aliás, creio ser o melhor Hostel da capital. O hostel foi fundado há 75 anos dentro de uma antiga igreja de um convento, contando com uma equipe extremamente prestativa e qualificada. Ainda conta com café da manhã incluso, Wi-Fi e o melhor: está a menos de 5 minutos do centro de Dublin!

Após o primeiro dia conferindo a área do Temple Bar e cultuando São Patrício, no dia seguinte saímos do Hostel em direção ao Spire. O Spire é uma escultura inaugurada em Janeiro de 2003 e feita de aço inoxidável para celebrar a chegada do novo milênio na Irlanda. Além de celebrar o novo milênio a dica é usar o Spire para se localizar no centro da cidade, pois olhando pra cima fica fácil ver um pedaço dele para se orientar.

De lá, pegamos o “Hop on, Hop of bus”, aquele ônibus vermelho que mostra os principais pontos turísticos da cidade. Sou fã desses ônibus porque são excelentes para ver cidades grandes e ainda entender mais sobre a história e os principais pontos turístico nas viagens. O ticket é válido por dois dias e passa por 24 pontos turísticos.

Onde você deve parar:
 The Eye
Dublin Zoo 
Trinity College 
Guinness Storehouse 
Christchurch Cathedral
The Grand Canal Theatre
The historic Famine region
The spectacular Convention Centre

Você pode conferir os horários e preços clicando AQUI.

PS: Não esqueça do Passeio pela Guinness Storehouse. Além de ganhar uma Guinness no final da sua visita e apreciar uma vista de 360 graus de cima do bar mais alto de Dublin, você aprende um pouco mais sobre os mais de 250 anos da cerveja favorita dos irlandeses.

Posts Relacionados